top of page

Viabilidade

O 'Sing the World' foi concebido desde o início para que qualquer escola pudesse participar. Os custos do projeto são integralmente suportados por instituições locais, públicas ou privadas, autarquias, e pelas receitas provenientes da venda da USB Pendrive junto da comunidade educativa. É importante salientar que a compra da USB Pendrive pelos pais é absolutamente voluntária, não constituindo uma condição para a participação dos seus filhos no projeto.

Enquanto projeto inclusivo, o 'Sing the World' pretende alcançar o maior número possível de crianças e jovens, independentemente da sua raça, crença, condição social ou económica. Todos os alunos, sem exceção, devem participar desta experiência que envolve música, canto, novas tecnologias, som, luz e palco.

Além disso, o fato de os pais não terem meios para adquirir a USB Pendrive nunca deverá ser um obstáculo para a realização do projeto. Deve-se, sim, criar condições para que o 'Sing the World' possa ser implementado, desde que haja a vontade e determinação da escola para levar o projeto adiante.

Com base na nossa vasta experiência na viabilização do projeto em centenas de escolas em diferentes países europeus, enumeramos a seguir um conjunto de aspetos que consideramos essenciais para o sucesso e a viabilização do 'Sing the World' numa comunidade educativa:"

 

1. A escola deve assumir para si o compromisso de uma forte divulgação do projeto junto dos encarregados de educação, utilizando para o efeito os seguintes canais:

 

a) Apresentação do projeto em reunião de pais.

b) Colocação de artigo sobre o projeto na página da escola e nas redes socias.

c) Divulgação do projeto através de reportagem em jornal local e/ou rádio local.

d) Afixação de cartazes "Sing the World" em locais estratégicos da escola.

 

2. Não menos importante é a sensibilização dos próprios professores da escola pois serão estes os interlocutores junto dos pais.

 

3. A escola deve sondar potenciais parceiros locais, públicos ou privados, que venham a apoiar o projeto com verbas, mediante contrapartidas de caráter publicitário nos vídeos a editar.

 

4. De igual forma, o poder local - câmara municipal e juntas de freguesia - enquanto responsável pelo desenvolvimento sociocultural das populações, deve também ele ser contactado no sentido de ponderar uma forma de viabilização do projeto.

bottom of page